ACARICIDA PROPARGITO VOLTA A SER PERMITIDO NA PRODUÇÃO INTEGRADA DOS CITROS

ACARICIDA PROPARGITO VOLTA A SER PERMITIDO NA PRODUÇÃO INTEGRADA DOS CITROS

Uma nova atualização da lista de Produção Integrada dos Citros (PIC), do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), foi divulgada na terça-feira (26/6) com os ingredientes ativos de inseticidas, fungicidas, herbicidas e acaricidas permitidos para o controle de doenças e pragas dos citros no Brasil. A principal mudança é o retorno do acaricida propargito à lista.

O propargito foi retirado da lista PIC em 2011 após parecer do Comitê Permanente da Cadeia Alimentar e da Saúde Animal da União Europeia, que relatou insuficiência de avaliação de risco e de fixação de valores de referência toxicológicos, demonstrando preocupações em relação a possíveis riscos para humanos, animais e ambiente. Depois disso, o Comitê da lista PIC e empresas do setor citrícola acionaram empresas detentoras da molécula para que pudessem fazer a defesa junto ao órgão europeu responsável. No dia 5 de junho de 2018 foi divulgado pela Autoridade Europeia para a Segurança dos Alimentos o regulamento que altera o Limite máximo de resíduo (LMR) do propargito na Europa para 0,04 mg/kg em laranja. Assim, fica autorizado o uso do acaricida no Brasil a partir de 26 de junho de 2018.

 

A lista PIC atualizada aqui.

 

Fundecitrus

Compartilhe este post