CITROS/CEPEA: SECA PREJUDICA QUALIDADE DAS LARANJAS DA SAFRA 2018/19

CITROS/CEPEA: SECA PREJUDICA QUALIDADE DAS LARANJAS DA SAFRA 2018/19

Com o volume de chuvas abaixo da média durante o primeiro semestre deste ano em São Paulo

 

Com o volume de chuvas abaixo da média durante o primeiro semestre deste ano em São Paulo, o desenvolvimento das laranjas da temporada 2018/19 atrasou, principalmente em pomares sem irrigação. Nesse cenário, as frutas que estão sendo colhidas têm apresentado menor qualidade – calibre reduzido (as laranjas não têm ultrapassado o tamanho médio) e murcha, principalmente da pera.

Com isso, a maior participação de laranjas com menor calibre tem dificultado a comercialização no mercado in natura, reduzindo a oferta, mas aumentando a disponibilidade para processamento. Assim, a média da laranja pera nesta semana (de segunda a quinta-feira) foi de R$ 27,06/cx de 40,8 kg, na árvore, avanço de 1% em relação à da semana passada. Vale lembrar que a menor disponibilidade tem mantido as cotações da pera em bons patamares. Na parcial de julho (até o dia 19), a variedade é negociada a R$ 26,42/cx de 40,8 kg, na árvore – valor 63,6% superior ao de julho/17, em termos nominais, e recorde para o mês na série histórica do Cepea, iniciada em 1994.

 

Por: CEPEA/ESALQ

Compartilhe este post