FRUTIFICAÇÃO DA PITANGUEIRA TEM INÍCIO NA PRIMAVERA

FRUTIFICAÇÃO DA PITANGUEIRA TEM INÍCIO NA PRIMAVERA

Adocicada e levemente ácida, a pitanga é ingrediente para diversas receitas.

 

O clima quente da Primavera e do Verão é propício para a frutificação da pitangueira (Eugenia uniflora), árvore originária do Brasil que chega a medir 10 metros de altura.

Ornamental, a árvore é usada no paisagismo e arborização de cidades, além de estar presente em quintais, pomares e sítios.

Encontrada do Nordeste até o Rio Grande do Sul, também ocorre no Uruguai e na Argentina. Em todas as regiões, o fruto vermelho adocicado faz sucesso.

Consumido in natura, o fruto levemente ácido também é ingrediente para sucos, geleias, doces, licor e conhaque, além de fazer parta de dieta de aves como o anu-preto. De origem tupi, a palavra pitanga significa “vermelho rubro”, já que, quando madura, apresenta tom vivo e escuro, próximo ao marrom.

Além dos frutos, as folhas ovais e as flores brancas e aromáticas chamam atenção dos observadores e admiradores de natureza. O tronco liso, com até 50 centímetros de diâmetro, é madeira pesada, dura, compacta e de longa durabilidade natural.

Considerada planta semidecídua, a pitangueira é frequente em solos úmidos e floresce entre agosto e novembro, com amadurecimento dos frutos entre os meses de outubro e janeiro.

 

Foto: Terra da Gente

 

G1 – Terra da Gente

Compartilhe este post