MATO GROSSO DESENVOLVE VARIEDADE GENÉTICA DE MARACUJÁ COM MELHOR QUALIDADE

MATO GROSSO DESENVOLVE VARIEDADE GENÉTICA DE MARACUJÁ COM MELHOR QUALIDADE

O resultado da seleção deve atrair empresas com interesse em contratos de transferência da tecnologia para comercialização da nova variedade do maracujá

Cuiabá/MT
Pesquisadores de Mato Grosso desenvolveram nova variedade de maracujá, através de financiamento da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapemat). A nova variedade possui seleção genética diferenciada para se adaptar ao solo e clima da região e, com isso, produzir frutos de melhor qualidade.

As pesquisas são desenvolvidas há cerca de dez anos e, segundo o coordenador dos estudos, Willian Krause, Mato Grosso torna-se destaque na hortifruticultura, uma vez que o resultado da seleção deve atrair empresas com interesse em contratos de transferência da tecnologia.

“A Fapemat fomentou diversas pesquisas a respeito do fruto e chegamos a essa variedade que podemos considerar um sucesso. A comercialização de sementes deste maracujá trará maior produtividade do fruto e o resultado será o aumento da renda dos produtores da agricultura familiar”, comentou Krause.

Ainda de acordo com o pesquisador, Mato Grosso possui mais de 104 mil pequenas propriedades rurais e a cultura do maracujá é ideal para estas propriedades por ter um alto rendimento financeiro em pequenas áreas.

Para fomentar e divulgar o resultado da pesquisa, nos dias 22 e 23 de agosto será realizada a 2ª Feira Estadual de Horticultura, em Tangará da Serra, no campus da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat). Além da apresentação da nova variedade de maracujá, o evento trará palestras com temas ligados às soluções empreendedoras do campo.

Também serão oferecidas oficinas nas áreas da agricultura familiar, giro tecnológico nas estações de frutas e hortaliças, tecnologia e irrigação, agronegócio brasileiro e aproveitamento de alimentos.

Foto: Willian Krause / Fapemat

 

Fonte: Governo do Mato Grosso

 

Compartilhe este post