RS: PRODUTORES PRESTIGIAM DIA DE CAMPO SOBRE MORANGOS EM NOVA SANTA RITA, DIZ EMATER/RS

RS: PRODUTORES PRESTIGIAM DIA DE CAMPO SOBRE MORANGOS EM NOVA SANTA RITA, DIZ EMATER/RS

Nova Santa Rita/RS

Na última quinta-feira (08), o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar em Nova Santa Rita realizou uma Tarde de Campo sobre Cultivo de Morangos Orgânicos, na propriedade de Olímpio Vodzik (Assentamento Itapuí), que trouxe relatos de toda a sua experiência de 25 anos produzindo a fruta no sistema orgânico. Aproximadamente 90 pessoas, de 18 municípios, participaram da atividade.

A tarde de campo foi organizada em três estações. Na primeira, foi abordado pelo assistente técnico regional da Emater/RS-Ascar em Porto Alegre, Marcelo Biassusi, juntamente com o produtor, o cultivo de morangos orgânicos no solo, quais suas características, uso e manejo do solo.

A segunda estação contemplou o cultivo de morangos em bancada. Os representantes da Bioc compostagem, Jair Staub e Paulo Leonhard, explicaram a composição do substrato para esta finalidade, que incluiu casca de arroz carbonizada, terra, composto e pó-de-rocha.

Este material é acondicionado numa calha plástica onde são plantadas as mudas de morango. Já o professor da UniLaSalle, Rubens Muller Kautzmann, e o doutorando da Ufrgs, Adilson Celimar Dalmora, relataram resultados do uso do pó-de-rocha no cultivo de morango em substrato e seus benefícios.

A última estação contemplou o manejo com microrganismos e o uso de controle biológico na prevenção e controle de doenças e pragas no morangueiro orgânico, tema abordado pelos sócios-proprietários da empresa ICB Bioagritec Ltda, Aida e Akio Matsumura. Nesta estação, o engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Igor Silva de Bearzi, também apresentou o balanço financeiro da produção de morangos na propriedade. Já o técnico da prefeitura, Antônio Marcos dos Santos Vignolo, mostrou a realidade da produção agroecológica em Nova Santa Rita.

Segundo De Bearzi, a tarde de campo proporcionou grande aprendizado aos participantes e também representou um avanço na parceria estabelecida entre instituições de pesquisa, Emater/RS-Ascar e empresas. Isto nos leva a ter mais conhecimento das tecnologias na produção de morangos orgânicos no solo e em bancada, ressaltou.

Fonte: Emater/RS

Compartilhe este post