SP: BAIXA DISPONIBILIDADE NAS ROÇAS ELEVA PREÇO DA LIMA ÁCIDA TAHITI, DIZ CEPEA

SP: BAIXA DISPONIBILIDADE NAS ROÇAS ELEVA PREÇO DA LIMA ÁCIDA TAHITI, DIZ CEPEA

Piracicaba/SP

Os valores da lima ácida tahiti subiram com força em São Paulo em setembro, impulsionados pela baixa oferta nas roças – grande parte das frutas provenientes de novas floradas ainda está verde e não atingiu o calibre e a coloração demandados pelo setor in natura, conforme colaboradores do Cepea.

Na parcial do mês (até o dia 27), o valor médio da fruta está 109,8% superior ao de agosto e 19,2% maior que o de setembro/17, em termos nominais. Já na parcial desta semana (de segunda a quinta-feira), a variedade registrou média de R$ 76,50/cx de 27 kg, colhida, queda de 12,4% frente à da semana passada, reflexo da retomada da colheita em algumas praças, após o período chuvoso, e da maior disponibilidade de frutas miúdas.

No mercado de laranjas, o ritmo de vendas está menor em São Paulo, o que pode estar atrelado ao período de fim de mês e aos elevados preços da fruta nas roças. Para a variedade pera, a média desta semana é de R$ 32,18/cx de 40,8 kg, na árvore, alta de 1,1% frente à anterior.

Fonte: Cepea

Compartilhe este post