SUBSTRATOS E NÍVEL DE ÁGUA PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE UVAIA

SUBSTRATOS E NÍVEL DE ÁGUA PARA PRODUÇÃO DE MUDAS DE UVAIA

Tatiane Sanches Jeromini

Produção e Tecnologia de Sementes

Departamento de Produção Vegetal

FCAV – UNESP Jaboticabal

(jerominitatiane@gmail.com)

Profa. Dra. Silvana de Paula Quintao Scalon

Fisiologia Vegetal

 Faculdade de Ciências Agrárias

Universidade Federal da Grande Dourados

(silvanascalon@ufgd.edu.br)

Da mesma família da pitanga, a espécie frutífera uvaia vem caindo no gosto popular por ser uma fruta rica em vitamina C e muito saborosa. A espécie é originária do Brasil e suas regiões de ocorrência são Sul, Sudeste e Centro-Oeste. Seus frutos amarelos, carnosos, de sabor adocicado e ácido são utilizados na fabricação de suco, vinagre, vinho, licor e geleia (Figura 1).

A altura da planta pode variar de 5 a 15 m, dependendo da região onde é encontrada, como pode ser visto na Figura 2.

A produção dos frutos ocorre entre dezembro e janeiro, permitindo assim também a coleta de suas sementes, geralmente de uma ou duas por fruto. Estes devem ser colhidos maduros direto na planta ou ao caírem no solo. As sementes despolpadas não toleram a secagem e armazenamento, perdendo sua viabilidade em teores de água inferiores a 30%, aproximadamente após 72 horas de secagem sobre bancada a sombra (Figura 3).

Por estes motivos a produção de mudas dessa espécie é dificultada. O despolpamento das sementes, lavagem e semeadura devem ser realizadas no mesmo dia, para garantir o sucesso na germinação. A semeadura deve ser realizada preferencialmente em sacos plásticos ou tubetes, para maior facilidade no momento do transplante. Para que uma semente viável possa germinar e dar origem a uma muda é necessário água em quantidade suficiente, temperatura, substrato e luz. Para a produção de mudas de uvaia (Figura 4) a utilização de solo acrescido de areia na proporção de 1:1 é considerada a melhor opção de substrato para garantir mudas de qualidade. A quantidade ideal de água após a semeadura e manutenção da muda é de suma importância. Pesquisas indicam que a falta ou excesso de água pode tornar as plantas vulneráveis a pragas e doenças, e comprometer sua sobrevivência tanto no viveiro quanto no campo e crescimento. Para a produção de mudas de uvaia a capacidade de retenção de água do substrato deve ser de 50 %, para garantir o suprimento ideal de água. Além do substrato e água, é necessário manter as plantas em local com reduzida radiação solar (sombrite de 50%) e livre de pragas e doenças até estarem aptas levadas para o campo.

Compartilhe este post